E

segunda-feira, junho 18, 2018

domingo, junho 17, 2018

A Arqueologia e a intimidade com as objectivas

Ainda a Primavera rodeando o Cromeleque de Vale Maria do Meio,

 
 

 

sábado, junho 16, 2018

quinta-feira, junho 14, 2018

quarta-feira, junho 13, 2018

terça-feira, junho 12, 2018

segunda-feira, junho 11, 2018

domingo, junho 10, 2018

Viaggio a Italia

O Museu, e alguns detalhes,

 
 
 

 
 
 

 
 
 

 

sexta-feira, junho 08, 2018

quinta-feira, junho 07, 2018

quarta-feira, junho 06, 2018

terça-feira, junho 05, 2018

A Arqueologia e a intimidade com as objectivas

Passados seis milénios, a posição primária de cada menir relativamente ao mapa celestial que cobre esta miniparte do Planeta, é possível de ser reconstruída, e assim eventualmente aventarem-se hipóteses para as relações astrais que se aproximem da perspectiva dos construtores do conjunto monumental, mas a planta actual está já ligeiramente diferente da inicial. A “perda” maior para a compreensão do conjunto megalítico é o eco real dos acontecimentos ali ocorridos, restando-nos a expectativa de que a arqueoacústica possa vir um dia a contribuir para uma aproximação às coordenadas racionais da sua arquitectura. 
 
 
 
 

 

segunda-feira, junho 04, 2018

domingo, junho 03, 2018

A Arqueologia e a intimidade com as objectivas

No movimento crescente de aprofundamento do conhecimento com base no conceito “simplificado” das novas tecnologias, abrem-se múltiplas disciplinas agregadas à Arqueologia, com é o caso da “arqueologia das paisagens”, que agregando investigações multidisciplinares procura conhecer as relações homem natureza através da procura dos traços simultâneos dos restos humanos e dos depósitos estratificados naturais.
Alterações climáticas, é hoje um denominador comum de muitas preocupações sobre o Planeta, difíceis de racionalisar, porque ele esconde o passado, não confessa o futuro, e é mais simples encontrar culpa nas atitudes incivilizadas do que deixar de se retrairem os gestos da investigação científica.
Quando há seis milénios atrás o Homem encontrou no Megalitismo uma forma de procura expressiva na sua relação com o desconhecido, não sabemos qual era o ambiente herbácio nos horizontes que ocupou no Alentejo, e muito menos qual seria a importância de cada componente desse conjunto material, e também como tudo evoluiu e a que ritmo.
Os menires do Cromeleque de Vale Maria do Meio, estão rodeados pela paisagem moldada a pouco e pouco até aos nossos dias, e portanto devemos ignorar essa relação entre monumentos e plantas que hoje parece fazer parte de um ambiente coerente, para tentarmos ter direito a permanecer naquele espaço criado para estabelecer um quadro da relação entre o Homem e o Universo.
Claro que para compreender a paisagem era desejável separar os menires das plantas, e conseguir observar cada conjunto de per si, e essa impossibilidade contraria-se extraindo imagens, isolando as cores e as energias, e publicando-as a pouco e pouco há medida que as estações do ano avançam. Nesta Primavera de 2018 os resultados vão aparecer aqui.
 
 
 

 

sábado, junho 02, 2018

sexta-feira, junho 01, 2018

quinta-feira, maio 31, 2018

A peça do mês

Pequeno escopro, em anfibolite, à superfície após a lavra da folha de sequeiro intensivo.

 

quarta-feira, maio 30, 2018

terça-feira, maio 29, 2018

A intimidade com as objectivas

A "lumiére" do dia, e uma imagem panorâmica do Museu Lumiére!



 
 
 



 

segunda-feira, maio 28, 2018

domingo, maio 27, 2018

A intimidade com as objectivas


Imagens de rua, mesmo. Costas de um banco em madeira. 

 

sábado, maio 26, 2018

sexta-feira, maio 25, 2018

A intimidade com as objectivas

Arquitecturas de 1900.

 

quinta-feira, maio 24, 2018

quarta-feira, maio 23, 2018

Dia 23 de Maio, Dia de Festa


O Mundo perfeito

Pedra sobre pedra, tijolo sobre tijolo.
Os símbolos que nos cercam, fazem crescer o Mundo perfeito.
Aprender a estudar, é aprender a sonhar.
Da Terra, soltam-se os murmúrios da criação.
Com Terra fazem-se símbolos, fazem-se casas.
Cada casa tem a sua Luz, tem os seus símbolos,  
que crescem e irradiam os sabores da Terra.
Maio de 2018




 

terça-feira, maio 22, 2018

A intimidade com as objectivas

Mesmo quando o "Mundo Novo" faz desaparecer culturas, acabando com as colheitas sustentáveis que vão sendo compensadas por importações, os silos agora vazios no meio da paisagem, mantêm as regras Planetárias convergindo para o infinito. 
 
 

segunda-feira, maio 21, 2018

domingo, maio 20, 2018

A intimidade com as objectivas

As cores primaveris do Barrocal Algarvio,

 

sábado, maio 19, 2018

Viaggio a Italia

 
 
 
 
 

sexta-feira, maio 18, 2018

quinta-feira, maio 17, 2018

quarta-feira, maio 16, 2018

terça-feira, maio 15, 2018

segunda-feira, maio 14, 2018

domingo, maio 13, 2018

sábado, maio 12, 2018